Translate

12/02/2017

Técnica Low/No Poo - como salvei meu cabelo



Convido a todos os meus leitores a glorificarem de pé. Esse não só é um post pessoal, como também é sobre um assunto que não falo há bastante tempo: meu cabelo. Finalmente arrumei um tempinho e vou contar como salvei meu cabelo do corte, além de diminuir o frizz e eliminar todas as substâncias ruins que ressecavam e o enfraqueciam. Senta aí e vamos lá.

Quem me acompanha desde o início do blog (cinco anos em abril, uhul!), sabe que meu cabelo já teve mais fases dos que a mulher do 'Raimundos'. Com uma textura nem lisa e muito menos cacheada, meus fios são extremamente finos, o que os tornam ainda mais frágeis. Por serem muito leves, meu cabelo não tem peso e acaba ficando bem mais cheio e frizzados. Em fevereiro de 2015 resolvi dar adeus ao cabelão e apostei em um long bob repicado: deu ruim. Ruim não, péssimo. Meu cabelo nunca mais foi o mesmo. Haja paciência, dinheiro e disposição. Haja hidratação, haja tudo o que eu não tinha hahaha.



Não optei por escovas com formol porque tenho muitas alergias de pele e a química poderia agredir meu couro cabeludo. Além disso, queria que meu cabelo crescesse totalmente livre de qualquer procedimento, para que eu pudesse doar. Infelizmente, o crescimento foi de mau a pior. Todas as vezes em que eu lavava o cabelo, acabava secando com o secador, para que a juba ficasse comportada. O resultado após meses, foi um cabelo seco, sem vida e quebradiço. 


Reparei então, que quanto mais eu lavava meu cabelo, pior ele ficava. Troquei de shampoo e condicionador várias vezes, mas mesmo os que prometiam nutrição, estavam danificando minhas madeixas. Foi então que me interessei em saber sobre a composição dos shampoos e quais suas vantagens e desvantagens. Nesse jogo de apuração, descobri duas técnicas que foram a salvação da minha vida, a low e a no poo - em sequência, "pouco" e "sem" shampoo.


Low Poo - que isso? 

O Low Poo é uma forma de cuidar dos cabelos que abole algumas substâncias encontradas nos shampoos normais. O sulfato é o mais conhecido entre elas e provavelmente o mais agressivo por ser a substância (Lauril Sulfato de Sódio - LSS) que causa a espuma e limpa os fios muito mais que o necessário, retirando além da sujeira, toda a camada lipídica, a proteção natural dos fios e os nutrientes responsáveis pela saúde do cabelo.

O Sulfato não age sozinho no ressecamento. A maioria dos shampoos também são compostos por petrolatos, parabenos e silicones (do mau!) que são agentes ruins para os fios. 

Com o aumento da preocupação e da procura dos consumidores por produtos menos prejudiciais, os Shampoos Low Poo já são comuns e são encontrados facilmente, principalmente na internet, com grande variedade de preços. 

Esses shampoos específicos são livres das substancias ruins, conhecidos também como os shampoos "leves". 

Selecionei alguns que podem ser encontrados na internet. 





Todos os produtos são encontrados no site Meu Cabelo Natural.


Obs: algumas meninas sentem o cabelo mais duro ou áspero quando trocam o shampoo convencional pelo shampoo leve. Isso acontece porque os componentes químicos do convencional ainda estão no cabelo e os fios passam por uma fase de 'limpeza' de resíduos, onde toda a química é eliminada. Para que isso não aconteça, é legal usar um shampoo de limpeza profunda (sim, aqueles usados nos salões de beleza que nos deixam igual o espantalho do Fandangos) para libertar o cabelo de todas as impurezas impregnadas. Se você quer começar e não tem esse tipo de shampoo, vale ir trocando aos poucos o shampoo convencional (usando em menos quantidade) pelo Low Poo. Fiz isso com o meu. 


No Poo - sem shampoo mesmo!

Como o nome já diz, o No Poo não utiliza shampoo, nem mesmo o leve. Dentro no No Poo, há uma técnica chamada 'Co Wash' que nada mais é do que lavar o cabelo apenas com condicionador, livre de silicone. Já existem cremes de hidratação, máscaras e outros produtos para o No Poo, onde não há a existência do detergente sintético, que desnutre a fibra capilar. Os produtos Co Wash devem ser usados também no cabelo molhado, sendo massageados com as pontas dos dedos, levando o produto em direção as pontas. Essa técnica limpa dos cabelos e nutre de forma natural. 

Lavar o cabelo com maisena?? Oi?

É, isso mesmo. Eu, em particular, aderi a MAISENA (também conhecida como "amido de milho") como condicionador. Muitas pessoas ficam boquiabertas porque parece ser uma escolha medonha, hahaha. Juro, não é. 

Misturo 100ml de aguá para 2 colheres de sopa de maisena. Levo ao fogo, mexendo constantemente até obter uma massa homogênea. Essa quantidade é o suficiente para cobrir todo o meu cabelo. 

Lavo o cabelo normalmente no banho, apenas com água morna. Tiro o excesso de água com uma toalha e aplico a mistura massageando com a ponta dos dedos. Sempre dou uma atenção maior para a ponta dos cabelos, já que não utilizo condicionador. Quando estava em transição para o No Poo, eu colocava uma colher de creme de hidratação leve na mistura.

Algumas meninas usam essa técnica com o cabelo seco, apenas como hidratação, pois a maisena deixa o cabelo limpo, mais baixo, soltinho e muito, muito macio. 

Abaixo, alguns produtos para usar no No Poo.




Todos os produtos da imagem vendem na Meu Cabelo Natural

Eu usei o "S.O.S bomba de vitaminas" da Salon Line e é maravilhoso. Ajudou muito. Fortaleceu, nutriu e deu um brilho maravilhoso ao meu cabelo. O melhor de tudo foi o custo, apenas R$15. É de ficar pasma!

Finalizo esse post com uma foto (sem edições) da minha Juba domada, hehe. 










É isso, queridos. Qualquer dúvida podem deixar nos 
comentários ou mandar mensagem no facebook clicando aqui, no nosso SnapChat (blogdonalua) ou nosso Instagram (blogdonalua). Bjx 





Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe um comentário: