Translate

16/10/2016

Nunca estamos preparados para a última vez




Se eu soubesse que era a última vez, eu teria marcado nosso encontro pela manhã da sexta feira e só teria ido embora, obrigada, na segunda seguinte. 
Se eu soubesse que seria a última vez eu teria te abraçado com mais força, com mais vontade, durante mais tempo.
Se eu soubesse que seria a última vez, eu teria te parado no meio da rua e fixaria meus olhos no teu sorriso, teria guardado aquele momento na melhor parte que há dentro de mim.
Se eu soubesse que seria a última vez eu te beijaria mais lentamente, seguraria sua nuca e faria um cafuné que qualquer pessoa sentia saudade.
Se eu soubesse que seria a última vez eu teria dito tudo o que sempre esperei para te dizer, mas que me faltou coragem. Eu diria o quão importante você foi, o quão importante ainda é.
Se eu soubesse que seria a última vez, eu teria gritado para quem quisesse ouvir que no fundo nada fazia sentido sem você.
Se eu soubesse que seria a última vez eu faria com que você dançasse comigo na chuva, comesse muitas pizzas, implicasse comigo no vídeo game.
Se eu soubesse que seria a última vez eu teria saído do trabalho mais cedo, te encontraria em qualquer lugar, te beijaria quando você estivesse estressado comigo.
Ah, se eu soubesse, teria feito tantas coisas que deixei para um depois que nunca vai chegar. Eu teria amado mais, demonstrado mais, rido mais.
O problema é que nunca estamos prontos para a última vez.


2 comentários:

  1. Texto maravilhoso! Realmente, nunca sabemos quando será a última vez...
    https://contrariemososdesencontros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Deixe um comentário: